25 de nov de 2015

Eu podia

dizer que a minha vida continua a rolar sobre a forma de ciclos que se repetem de forma constante. podia também dizer que ainda estou a tentar descobrir uma forma de os quebrar. podia dizer que a minha vida é uma constante de dejá vu(s) e que isso já nem me chateia. podia também dizer que às vezes falta a força e vontade para continuar a tentar seguir em frente. podia dizer que sinto falta de algumas pessoas. como costumo dizer, Siga.

Nenhum comentário: