11 de nov de 2014

Vi hoje escrito

Para que servem os muros?

Servem para tirar fotos, esta é óbvia. Depois servem também, para terem escritas frases motivadoras ou de inspiração, servem para lermos verdades das quais, muitas vezes fugimos numa esperança que a distância dos muros nos permita voltar ao nosso conforto e não tenhamos de lidar com as mesmas. Depois existem os outros muros, os nossos. Esses que muito poucos veêm, dos quais nós somos donos e senhores, os que nós vamos aumentando ou diminuindo conforme a nossa vontade, conforme as nossas fraquezas, esses muros que muitas vezes nos protegem do que nos assusta, do que nos impede de ser algo mais. Mas são esses muros, que também nos impedem de arriscar, de seguir, de ir, de dar o salto, de conseguir ver além...os muros servem para o que nós quisermos, só o eu poderá decidir isso... Com ou sem muros, arrisque-se, viva-se...porque o maior perigo não são os muros, mas os medos nos quais os mesmos estão alicerçados.

Nenhum comentário: